Ensino Privado
Preciso de...
Distrito:
Concelho:
Palavra chave:
   
 
 
Instituição em destaque

Comunicação emocional - Lisboa

30 de Abril  entre as 18h e as 20h,  com  a Dr.ª Filipa Fortunato na Clínica da Educação em Lisboa.

Ver mais detalhes

Inscreva-se na nossa Newsletter


Imprimir evento

Sinais de alerta dos 0 aos 6 - identificar e saber intervir
Evento criado em 2014-04-23 e lida 5906 vezes
 

Sinais de alerta dos 0 aos 6 - identificar e saber intervir

“Intervir precocemente é estar atento a múltiplos fatores que potencialmente podem gerar alterações no desenvolvimento, é prestar atenção aos sinais de alerta, às angústias e apelos trazidos pelos pais, educadores e outros técnicos de forma a minorar e colmatar as situações quotidianas.” (Correia, Álvares & Abel, 2003, cit. inGomes, 2008).

O desenvolvimento da criança dos 0 aos 6 anos, baseia-se na sua interacção contínua com o meio ambiente, traduzindo-se por vários estádios que nos permitem obter informações relativamente às suas capacidades e limitações em cada uma dessas idades.

Pais, profissionais de saúde, educadores e técnicos que lidam com estas crianças devem conhecer o processo de desenvolvimento básico e normal de uma criança, nos seus primeiros anos de vida, para que sejam capazes de assumir, também, a função de perceber/reconhecer os indicadores de risco que podem comprometer o percurso pessoal, social e académico das crianças em idade pré-escolar.

Neste âmbito, é fundamental a deteção precoce dos sinais de alerta, para que seja possível eliminar ou diminuir o risco de um desenvolvimento atípico e se criem condições facilitadoras de um desenvolvimento sadio nas crianças dos 0 aos 6 anos.

Pretende-se, nessa linha de pensamento, partilhar todo o tipo de atividades, oportunidades e procedimentos destinados a promover o desenvolvimento e aprendizagem da criança com deficiência ou em risco de atraso grave de desenvolvimento.

 

Objetivos

- Conhecer o alcance e os limites da deteção precoce, da prevenção e da intervenção em crianças entre os 0 e os 6 anos;

- Identificar sinais indicadores de alterações no desenvolvimento da criança dos 0 aos 6 anos;

- Programar atividades que potenciem o desenvolvimento sadio das crianças com ganhos ao nível locomotor, pessoal/social, linguagem e cognição;

 

Esta formação destina-se a todos os interessados na temática: Pais, Professores, Educadores, Psicólogos, Téc. Educação Especial,…

 

Ocorrerá no dia 6 de Maio entre as 18h e as 20h,  num momento informal e descontraído de partilha mútua com  a Dr.ª Tânia Costa e todos os que quiserem juntar-se a nós neste momento na sala de formação que a Clínica da Educação utilizará no Porto no AtmosferaM.

Tânia Costa Mestre em Educação – especialização em Supervisão e Orientação da Prática Profissional, pela Universidade de Lisboa – IE; Pós-Graduada em Tecnologias da Informação e Comunicação, pelo ISVOUGA; Licenciada em Educação de Infância, pelo Instituto Piaget de Vila Nova de Gaia e especializada em Educação Especial – Deficiência Mental e Motora, pela Universidade  Portucalense;  Formação contínua e investigação, na área da Intervenção Precoce e Educação Especial,  desde 2007, com apresentação e comunicação de vários projetos relacionados com a  inclusão de alunos com NEE, no ensino regular. Exerce funções no grupo 910, desde 2006, em Escolas do Ministério da Educação e  Ciência. Formadora Convidada do Instituto Superior da Maia. Membro da equipa da Clínica da Educação do Porto.

 

INSCRIÇÕES até dia 5 Maio 2014 : 20.00€ +4.60€ iva = Total: 24.60€ | Inscrições no dia 6 de Maio 2014: 30.00€ + 6.90€ iva = Total: 36.90€ | Inclui: Material de apoio à sessão, Diploma de Participação.

Os associados do Montepio têm um desconto de 20% sobre valores anunciados-

 

Inscreva-se no formulário clicando aqui :

 

 
Eventos
 
A sorrir também se aprende

Com o tema “A Sorrir também se aprende”, este encontro visa informar e debater as condicionantes do humor na aprendizagem. Que benefícios, como usar, que estratégias, em que circunstâncias e contextos, se são facilitadores de aprendizagem, se é  propiciador de indisciplina,…, entre outras especificidades que se pretendem vir a ser debatidas entre os principais especialistas nacionais.

ver mais »

 
Potenciar o aprender e o pensar - Porto 25 junho

Na sociedade cognitiva dos nossos dias, deixou de ser tão importante ensinar conteúdos e passou a ser fundamental o ensino de estratégias para aprender e pensar. Mais do que se centrar na aquisição e na retenção de informação, a resposta educativa deve capacitar as crianças e alunos a terem acesso à informação para a usar na resolução dos problemas, sejam de cariz académico, relacional ou quotidiano.

ver mais »

 
Comunicação emocional - Lisboa

Nesta formação de Comunicação Emocional eliminam-­‐se inibições, corrigem-­‐se inseguranças, e potenciam-­se comportamentos, sempre através de uma abordagem holística da comunicação. Um processo de enriquecimento que, depois, terá uma grande aplicação prática na sua vida pessoal e profissional.

ver mais »

© 2017 Ensino Privado | CAP - Centro de Apoio Psicoeducacional - Todos os direitos reservados  - Desenvolvido por PTwebSite